Notícias http://www.transportes.mg.gov.br Wed, 26 Jul 2017 17:23:59 -0300 Joomla! - Open Source Content Management - Version 2.5.14 pt-br Governador Fernando Pimentel assina ordem de serviço para melhoria da LMG-760 http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2234-governador-fernando-pimentel-assina-ordem-de-servico-para-melhoria-da-lmg-760 http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2234-governador-fernando-pimentel-assina-ordem-de-servico-para-melhoria-da-lmg-760

O governador Fernando Pimentel assinou nesta quarta-feira (26/7), no Parque Estadual do Rio Doce, em Marliéria, Território de Desenvolvimento Vale do Aço, a ordem de serviço para a realização das obras de melhoria e pavimentação de 57 quilômetros na rodovia LMG-760. A obra, parada desde 2014, vai melhorar o fluxo entre as BRs 262 e 381, facilitando o acesso aos territórios Mata e Vale do Aço e incentivando o turismo regional. A previsão de investimento é de R$ 120 milhões.

Segundo o governador, o empreendimento é demanda dos Fóruns Regionais de Governo, principal instrumento da administração estadual para ouvir a população e aplicar melhor os recursos públicos. “Esta obra, por exemplo, é uma obra cara, de R$ 120 milhões. Mas vamos fazer, porque foi apontada como prioridade pela população no Fórum Regional de Governo aqui no Vale do Aço”, destacou.

“Um governo que tem compromisso com a população vai onde ela está. Ouve as pessoas, chega perto delas. Estamos numa fase difícil, não tem muito dinheiro, pelo contrário. Mas temos um modelo de governo que nos permite estar próximo da população, com humildade e sinceridade, falando a verdade, escutando as críticas, quando tiver, para a gente ir melhorando e, com o pouco dinheiro que tem, fazer aquilo que é importante. Foi por isso que conseguimos dar a ordem de serviço agora para retomar essa obra que está parada desde 2014”, completou.

Para Fernando Pimentel, o trabalho e a serenidade do povo mineiro são necessários para enfrentar a crise orçamentária do Estado e a situação econômica do país. “Não temos medo de crise. Crise, para nós, se enfrenta com trabalho e serenidade. As dificuldades existem, as injustiças existem, as acusações falsas existem, as críticas infundadas existem. A gente enfrenta isso calmamente, com serenidade, esperando a Justiça fazer o seu papel, e fazendo aquilo que a gente sabe fazer de melhor: o resultado do nosso trabalho. Daqui mais um ano, um ano e pouco, se Deus quiser, vamos voltar para inauguração da rodovia”.

Obras

No trecho de 57 quilômetros da LMG-760, entre São José do Goiabal e Cava Grande, distrito de Marliéria, serão feitas intervenções para melhoria, pavimentação e alargamento. Também está previsto o reforço das pontes sobre Ribeirão Sacramento e sobre os Rios Mombaça e Santa Rita, além de construção da passagem inferior e desvio na interseção com a BR-262.

Para o prefeito de Marliéria, Geraldo Magela Borges de Castro, a pavimentação da estrada representa para a região “muito mais do que a interligação entre o Leste mineiro e a Zona da Mata”. “Representa o início de um novo ciclo para toda essa região e uma nova fase de desenvolvimento e prosperidade. O turismo, principalmente no Parque Estadual do Rio Doce, será beneficiado, oferecendo oportunidades melhores e mais seguras para que todos possam conhecer o antigo e maior parque natural de Minas Gerais”, disse. O Parque do Rio Doce é o maior remanescente contínuo de Mata Atlântica de Minas Gerais e o terceiro maior complexo de lagos naturais do Brasil, de acordo com o Instituto Estadual de Florestas (IEF).

Ainda de acordo com o prefeito de Marliéria, a presença do governador Fernando Pimentel “é a certeza da importância que o governo está dando para esta obra e a garantia de que desta vez as coisas serão diferentes”, completou.

Representando os municípios beneficiados no Vale do Aço, o prefeito de Timóteo, Geraldo Hilário Torres, elogiou a importância econômica que a obra terá. “Eu quero lembrar dos 28 municípios do Vale do Aço, dos mais de 140 municípios da Zona da Mata, que nós temos uma área do Vale do Aço que uma vocação siderúrgica, agropecuária, de móveis, de queijo, de café. A melhoria da LMG-760 significa trazer oportunidades em um momento de crise, onde os prefeitos têm de se desdobrar para superá-la. E nós podemos superar através do trabalho e da ajuda do governo do Estado”, acrescentou.

Já o deputado Celinho do Sinttrocel, representando a Assembleia Legislativa de Minas Gerais na solenidade, disse que a obra respeita o meio ambiente e dinamiza o circuito turístico da região, melhorando o acesso ao Parque Estadual do Rio Doce. “Registro a importância do Conselho Estadual do Meio Ambiente para a liberação da obra. É a alavanca sustentável da região, com geração de postos de trabalhos diretos e indiretos. Depois de pronta a pavimentação, serão facilitados o escoamento da produção agrícola, a instalação de novos empreendimentos econômicos, o transporte e o comércio entre duas regiões importantes para o estado. E vai fortalecer, como nunca, o turismo regional e a preservação do Parque estadual do Rio Doce”, afirmou.

Participaram do evento também os secretários de Estado de Governo, Odair Cunha, de Transportes e Obras Públicas, Murilo Valadares, secretário extraordinário de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais, Wadson Ribeiro, secretário executivo do Fórum Regional –Território Vale do Aço, Luciano Antônio Martins, além de deputados federais Leonardo Monteiro, Gabriel Guimarães e Mauro Lopes e a deputada estadual Rosângela Reis. Compareceram ainda prefeitos, vereadores, o diretor-geral do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem do Estado (DEER), Djaniro da Silva, o diretor-geral do IEF, João Paulo Sarmento, e o gerente do Parque Estadual do Rio Doce, Vinícius Moreira.

]]>
Notícias Wed, 26 Jul 2017 12:57:31 -0300
Novos quadros de horários começam dia 1º/08 http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2233-novos-quadros-de-horarios-comecam-dia-1-08 http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2233-novos-quadros-de-horarios-comecam-dia-1-08

Os novos quadros de horários das linhas 3950 (Juatuba / Azurita), 3954 (Florestal / Juatuba), 3956 (Azurita / Mateus Leme / Juatuba / Belo Horizonte), 3957 (Mateus Leme / Estação Eldorado), 3967 (Mateus Leme / Betim) e linha 7900 (Santa Cruz / Belo Horizonte). Entram em vigor no próximo dia 1º de agosto de 2017.

Com as alterações, na linha 3950 houve a criação de um horário na parte da manhã, aos domingos e feriados: às 6h15 partindo de Azurita e às 7h50min partindo de Juatuba e remanejamento de horários nos dias úteis e sábados. Na linha 3954, houve o aumento de sete viagens durante os dias úteis e a redução de uma viagem aos sábados, enquanto a linha 3956 deixará de circular em dois horários aos domingos, com saída de Azurita, às 5h50min e às 17h40min. Dois novos horários de viagens foram implantados durante os dias úteis, saindo de Mateus Leme, na linha 3957. O mesmo aconteceu na linha 3967 com duas viagens adicionais aos sábados, saindo de Mateus Leme. O novo quadro da linha 7900 estabelece a fusão de horários com redução de sete viagens e alteração de dois horários, nos dias úteis, com saída de Santa Cruz. De 8h às 14h, o intervalo de viagens será de 20 minutos; no noturno, a partir das 21 horas, os horários são os seguintes: 21h10min; 21h50min; 22h40min e 23h30min.

Veja abaixo os novos quadros de horários:

]]>
Notícias Wed, 26 Jul 2017 07:12:15 -0300
Hoje em Dia abre mão de resposta e prefere versão única sobre Metrominas http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2232-hoje-em-dia-abre-mao-de-resposta-e-prefere-versao-unica-sobre-metrominas http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2232-hoje-em-dia-abre-mao-de-resposta-e-prefere-versao-unica-sobre-metrominas

Sobre a retranca da matéria do jornal Hoje em Dia desta segunda, 24 de julho, sobre o metrô de Belo Horizonte, com o título “Sem regionalização, Metrominas será empresa fantasma e sem função, diz especialista”, é inexplicável que o jornal, de posse dos argumentos enviados por essa assessoria sobre a questão, os tenha omitido de seus leitores.

Tal fato  macula o princípio sagrado do bom  jornalismo, que é o de “ouvir e publicar o outro lado”. Por isso, em respeito ao leitor de Hoje em Dia, reproduzimos abaixo, na íntegra, a pergunta feita pela reportagem e a resposta enviada ao Hoje em Dia por esta assessoria, bem antes do deadline dado. 

Pergunta Hoje em Dia: A Metrominas foi criada para acompanhar esse processo de ampliação do metrô. Acabado esse processo, a pasta vai deixar de existir? Se não, qual outra função assumiria?

Resposta Metrominas:  A Trem Metropolitano de Belo Horizonte S/A - Metrominas - é uma empresa pública com a participação do Governo do Estado de Minas Gerais e os municípios de Belo Horizonte e Contagem. A empresa não possui servidores em cargos efetivos. Os servidores que desempenham as funções na empresa são originários do quadro de pessoal do Estado de Minas Gerais. Fora isso, possui apenas o diretor de projetos e obras, contratado sob o regime celetista, com a devida aprovação pelo Conselho de Administração da empresa.

Essa estrutura enxuta e o fato de o metrô de Belo Horizonte estar sob responsabilidade da CBTU não são motivos para cogitar a extinção da Metrominas.  A expansão do metrô é um dos temas mais relevantes para a população da Região Metropolitana de Belo Horizonte e a manutenção de uma estrutura capaz de manter permanente diálogo entre os entes federados participantes, bem como com o Governo Federal, é essencial para que a expansão do metrô permaneça na ordem do dia.

Os grifos postos agora são apenas para demonstrar que à afirmativa de um especialista, para o bem do bom jornalismo, caberia a publicação da resposta com argumentos que explicam a manutenção da Metrominas. 

Atenciosamente,

Ronaldo Pereira da Silva

Assessor de Comunicação da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas

]]>
Notícias Mon, 24 Jul 2017 14:12:55 -0300
Manutenção preventiva e participação popular são prioridades na gestão das estradas mineiras http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2231-manutencao-preventiva-e-participacao-popular-sao-prioridades-na-gestao-das-estradas-mineiras http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2231-manutencao-preventiva-e-participacao-popular-sao-prioridades-na-gestao-das-estradas-mineiras

O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), está mudando a metodologia de contratação de serviços para manutenção das rodovias sob responsabilidade do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG).

A partir de agora, as empresas que fazem o trabalho serão contratadas para garantir a conservação por quilômetro e não mais para atender às demandas quando essas surgirem como era feito até então. A medição dos serviços será por quilômetro conservado e não mais por itens de serviço e material gasto.

As contratadas terão, portanto, que cuidar preventivamente da via, mantendo-a em boas condições de trafegabilidade e segurança, executando rotineiramente os serviços de tapa-buracos.

O cidadão será incentivado a indicar, por meio do telefone 155, opção 6, locais onde há buracos na pista, placas em más condições, visibilidade das placas prejudicada pela vegetação nas faixas de domínio ou qualquer outra irregularidade que prejudique a trafegabilidade e a segurança da pista.

"Essas mudanças foram planejadas para serem graduais e estimamos que no final de 2017 a maioria dos novos contratos de manutenção das rodovias já esteja neste novo formato. O objetivo é ter a melhor prestação de serviço, otimizando custos e incentivando o mineiro a participar, em consonância com a diretriz do Governo do Estado de ouvir para governar”, destaca o secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Murilo Valadares.

Primeiras experiências

A nova metodologia já está implantada nas regiões de Formiga, no Território Oeste; Ituiutaba, no Território Triângulo Norte; e Salinas, no Território Norte, compreendendo cerca de 1.582 quilômetros, com investimento de R$ 35 milhões.

Outros cinco novos trechos têm ordem de início programada para este mês de julho. São eles: Paracatu, no Território Noroeste; Ponte Nova, Território Caparaó; Passos, Território Sudoeste; Juiz de Fora, Território Mata; e Monte Carmelo, Território Triângulo Norte, cobrindo cerca de 2.400 quilômetros, com investimentos de aproximadamente R$ 67,7 milhões.

Outros 27 trechos estão em fase de licitação e irão cobrir cerca de 17 mil quilômetros de rodovias estaduais nos Territórios de Desenvolvimento do Vale do Aço, Norte, Médio e Baixo Jequitinhonha, Alto Jequitinhonha, Oeste, Mucuri, Noroeste, Vale do Rio Doce, Metropolitano, Triângulo Norte, Caparaó, Central, Zona da Mata, Vertentes e Sudoeste.

A expectativa é que todos os 40 trechos que possuem contratos de manutenção já estejam licitados com a nova modalidade de contrato até o final do primeiro semestre de 2018.

Formiga

Desde o dia 19 de abril último, quando foi assinada a ordem de início para o contrato que atende a região de Formiga, a empresa contratada está executando intervenções iniciais, com o objetivo de colocar a malha rodoviária em conformidade.

Desde o mês de maio trechos das rodovias MG-170 (próximo a Arcos e Pains), MG-439 (próximo a Pains), AMG-2030 (próximo a Formiga) e AMG-2045 (próximo a Iguatama), passaram a receber os serviços de tapa-buracos, reparos e limpeza nos dispositivos de drenagem, assim como roçadas e capinas na faixa de domínio. A empresa iniciou a manutenção da sinalização vertical e horizontal.

Em junho trechos de outras rodovias sob jurisdição da Coordenadoria do DEER/MG em Formiga passaram a ser contemplados por essas intervenções iniciais. As vias que já tiverem passado por esse processo, e em condições adequadas de utilização, começam a ser mantidas seguindo os padrões do novo contrato.

Ituiutaba

No dia 17 de abril foi assinada a ordem de início para o contrato que atende a região de Ituiutaba. Trechos das rodovias MG-461 (próximo a Gurinhatã), AMG-3105 (próximo a Santa Vitória) e MG-226 (próximo a Canápolis) receberam os serviços de tapa-buracos, roçadas e capinas de faixa de domínio. Também já foram realizados limpeza e desobstrução dos dispositivos de drenagem e o estudo para manutenção da sinalização vertical e horizontal.

Desde junho, trechos de outras rodovias sob responsabilidade do DEER/MG na região de Ituiutaba, como MG-226, no fim do perímetro urbano de Canápolis, e em três trechos da CMG-154 – início e fim do perímetro urbano de Cachoeira Dourada, e no entroncamento da MG-226, em Capinópolis, estão sendo contemplados por intervenções iniciais.

As vias que já estiverem em condições adequadas de utilização começam a ser mantidas seguindo os padrões do novo contrato.

Salinas

No dia 1º de junho foi assinada ordem de início para o contrato que atende a região de Salinas, Território Norte. Trechos da rodovia CMG-342, entroncamento Coronel Murta, já estão recebendo serviços de tapa-buracos, roçadas e capinas de faixa de domínio, bem como limpeza e desobstrução dos dispositivos de drenagem e o estudo para manutenção da sinalização vertical e horizontal.

Outras rodovias da região também entram no cronograma a partir deste mês, como a LMG-627 (Josenópolis).

Fonte: Agência Minas

]]>
Notícias Mon, 24 Jul 2017 09:05:24 -0300
Segurança viária nas rodovias mineiras será ampliada com dez novos radares http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2230-seguranca-viaria-nas-rodovias-mineiras-sera-ampliada-com-dez-novos-radares http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2230-seguranca-viaria-nas-rodovias-mineiras-sera-ampliada-com-dez-novos-radares

Na próxima terça-feira (25/07), o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG) coloca em operação definitiva mais dez radares para controle de velocidade nas rodovias mineiras.

Os equipamentos estão localizados em Dona Euzébia (MG-285, quilômetro 69,4 e MGC-120, quilômetro 744,8); Araguari (MG-223, quilômetros 113,8 e 114,8); Poços de Caldas (LMG-877, quilômetro 6,7); Urucânia (MG-265, quilômetro 128,2); Piranga (MGC-482, quilômetro 205,5) e Carlos Chagas (MGC-418, quilômetros 73,8, 105,4 e 127,3). Em todos esses pontos a velocidade máxima permitida será de 60 km/h e o motorista que exceder esse limite será autuado.

Os radares instalados em Dona Euzébia e Araguari, além desempenharem a função de fiscalização no controle de velocidade, contribuirão com as ações de segurança, uma vez que esses 04 equipamentos contêm LAP (Leitor Automático de Placas) e podem, por exemplo, agilizar a verificação da situação dos veículos.

Até o momento, 358 equipamentos fixos já estão realizando o controle eletrônico de velocidade e coibindo o excesso nas rodovias estaduais. O Governo de Minas Gerais, por meio do DEER/MG, está investindo R$ 77,69 milhões no contrato dos radares, pelo período de 30 meses.

]]>
Notícias Fri, 21 Jul 2017 07:56:36 -0300
Fernando Pimentel assina despacho governamental para início das obras na Escola Estadual Paula Rocha http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2229-fernando-pimentel-assina-despacho-governamental-para-inicio-das-obras-na-escola-estadual-paula-rocha http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2229-fernando-pimentel-assina-despacho-governamental-para-inicio-das-obras-na-escola-estadual-paula-rocha

O governador Fernando Pimentel assinou nesta quarta-feira (19/7) em Sabará, Território Metropolitano, despacho governamental determinando à Secretaria de Estado de Educação e ao Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG) o início das obras de ampliação e restauração do prédio da Escola Estadual Paula Rocha. Nas obras, com início previsto para este mês, deverão ser investidos cerca de R$ 3,3 milhões. A previsão de conclusão é para o final de 2019.

A reforma e ampliação do espaço escolar é uma demanda antiga da população de Sabará. O prédio foi interditado em 2012, após vistoria do extinto Departamento Estadual de Obras Públicas (Deop) e, no ano seguinte, os alunos da instituição foram transferidos para outras duas escolas estaduais localizadas nas proximidades.

Durante a solenidade de assinatura, Fernando Pimentel afirmou que se sentia “incomodado” pela demora do início das obras. “Eu cobrava todo dia das secretarias de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) e de Educação (SEE). Aí você vai descobrindo as coisas. Inicialmente, nós tínhamos um projeto. Depois, o projeto não foi aprovado pelo Iepha (Instituto Estadual de Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais), teve de voltar e refazer. Nesse meio tempo, perdeu-se o contrato original, e tivemos que fazer outra licitação. Tudo no setor público é muito demorado. Mas conseguimos chegar ao final desse processo e a ordem de serviço já foi dada”, afirmou.

A reforma da Escola Estadual Paula Rocha foi uma das demandas apresentadas pelos moradores e lideranças de Sabará durante a realização do Fórum Regional Metropolitano. Para o governador, esse mecanismo está dando certo e a população consegue priorizar o que é mais importante.

“Nós não temos dinheiro. O Estado está em uma situação orçamentária terrível. Nós herdamos um déficit de R$ 10 bilhões. Estamos diminuindo aos pouquinhos, mas, ainda assim permanece um déficit ainda muito substancial. Então, quem tem pouco dinheiro não pode errar na aplicação do dinheiro e, para não errar, você tem que ouvir a população. Tem de estar perto, tem de chegar lá, tem de ter humildade para ouvir críticas. Tem de chegar perto dos prefeitos e escutar qual é a necessidade e deixar que as comunidades escolham aquilo que é mais importante. Tem a ponte, tem a escola, tem o posto de saúde, tem o quartel da Polícia Militar. Tudo tem que ser feito, mas qual é o mais importante? Não sou eu quem vai decidir, nem os secretários. Quem vai decidir é a população. E, por isso, criamos os Fóruns Regionais de Governo, que estão funcionando bem. Tem de ter paciência, tolerância e fazer aquilo que os mineiros sabem fazer de melhor: trabalho”, completou o governador.

Reforma

O prédio da Escola Estadual Paula Rocha tem arquitetura neoclássica e faz parte do centro histórico de Sabará, tendo sido tombado em 1938 pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Entre as intervenções previstas, estão serviços de restauração do prédio principal, pintura paretal e ladrilhos hidráulicos, além de recuperação de pisos, forros, portas e janelas. As instalações hidráulicas e elétricas serão trocadas.

Está prevista a construção de um anexo com 362 metros quadrados de área construída, implantação de rampas cobertas e descobertas, instalação de plataforma de deslocamento vertical para acessibilidade, sistemas de combate e prevenção de incêndio e de proteção contra descargas atmosféricas.

Segundo o prefeito de Sabará, Wander Borges, a realização das obras é uma demanda antiga de diferentes setores da sociedade. Ele contou que estudaram na escola, entre outros, o ministro Sepúlveda Pertence, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, e o desembargador Hélio Costa, ex-membro do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais.

“Essa questão da obra é uma luta que começou no final de 2012. Durante todos esses anos, a nossa luta junto com a sociedade, com a direção da escola, com os pais e os nossos alunos e as nossas inúmeras idas e vindas ao governo de Estado. Essa obra é da sociedade, e hoje a gente vê realizado um sonho”, disse Wander.

Para a diretora da Escola Estadual Paula Rocha, Fátima Regina, o prédio tem grande influência histórico-cultural em diferentes gerações de moradores da cidade. “É um orgulho. É uma escola tradicional, mas não é uma escola que se perdeu nesse tradicionalismo. Por isso, ela é tão procurada, mesmo nessa atual situação que estamos, porque os pais querem que seus filhos estudem na Escola Estadual Paula Rocha. Tudo o que a gente mais quer é voltar para o verdadeiro local”, afirmou.

História

A Escola Estadual Paula Rocha foi fundada no dia 4 de julho de 1907, recebendo a denominação de Grupo Escolar de Sabará. Criada a partir da reunião de cinco cadeiras existentes na região, foi o terceiro grupo a ser criado em Minas Gerais, no Governo João Pinheiro.

Em 1911, passou a chamar Grupo Escolar Paula Rocha, homenagem a Séptimo de Paula Rocha, professor em escolas de Sabará e fiscal do governo federal, além de presidente da Câmara Municipal entre 1910 a 1913.

O Grupo Escolar funcionou como Escola anexa da Antiga Escola Normal Delfim Moreira até 1925, sendo transferida no mesmo ano para um novo prédio, no Largo do Rosário. Considerada Patrimônio Histórico, a unidade de ensino possui um salão nobre, que guarda mobiliário e utensílios escolares do início do século XX, além de documentos produzidos pelos docentes desde a inauguração.

Estiveram presentes os secretários de Estado de Governo, Odair Cunha, de Educação, Macaé Evaristo, de Transporte e Obras Públicas, Murilo Valadares, de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania, Nilmário Miranda, e de Cidades e Integração Regional, Carlos Murta.  Também participaram os prefeitos de Raposos, Serginho da Bota, de Caeté, Lucas Coelho, de Taquaraçu de Minas, Alcides Hipólito, e de Bom Jesus do Amparo, Dário Ferreira Motta, o diretor geral do DEER/MG, Djaniro Silva, além de vereadores e lideranças da região.

Fonte: Agência Minas

]]>
Notícias Wed, 19 Jul 2017 12:14:15 -0300
Alterações temporárias de itinerários de linhas metropolitanas http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2228-alteracoes-temporarias-de-itinerarios-de-linhas-metropolitanas http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2228-alteracoes-temporarias-de-itinerarios-de-linhas-metropolitanas

Devido a obra de ampliação do viaduto Leste, na região central de Belo Horizonte, haverá alteração temporária de itinerário das linhas metropolitanas abaixo relacionadas, nesta sexta-feira (14/07), sábado (15/07) e domingo (16/07), sempre no horário noturno, de 23 horas às 05 horas do dia seguinte.  No domingo, a partir das 14 horas, a avenida dos Andradas, no trecho da Praça da Estação, será fechada nos dois sentidos para o trânsito, durante a realização da 20ª Parada do Orgulho LGBT.

Linha 411C - av. Antônio Carlos (pista exclusiva), viaduto Nansen Araújo, av. Oiapoque, rua São Paulo, av. Santos Dumont, Estação Espirito Santo, rua Espirito Santo, av. do Contorno, viaduto Leste, av. Antônio Carlos (Pista Exclusiva)...

Linha 501C - av. Antônio Carlos (pista exclusiva), viaduto Nansen Araújo, av. Oiapoque, Rua São Paulo, Av. Santos Dumont (esq.), Rua Espírito Santo (dir.), av. do Contorno, av. dos Andradas, ruas Caetés, Bahia, Tupinambás, Aarão Reis, av. dos Andradas, viaduto Leste, av. Antônio Carlos...

Linha 503H - av. Antônio Carlos (pista exclusiva), viaduto Nansen Araújo, av. Oiapoque, rua São Paulo, av. Santos Dumont, rua Espírito Santo, av. do Contorno, rua Bernardo Monteiro, Estação Bernardo Monteiro, avenidas dos Andradas, Contorno, viaduto Leste, av. Antônio Carlos

Linha 401C - av. Cristiano Machado (pista exclusiva), túnel da Lagoinha, acesso saída à direita para av. Presidente Antônio Carlos, retorno viaduto Angola, av. Antônio Carlos (pista exclusiva), viaduto Nansen Araújo, av. Oiapoque, rua São Paulo, av. Santos Dumont, Estação Espirito Santo, rua Espirito Santo, av. do Contorno, viaduto Leste, av. Cristiano Machado (Pista Exclusiva)...

Linhas 402H, 412H, 502H, 512H, 522H - av. Cristiano Machado (pista exclusiva), túnel da Lagoinha, acesso saída à direita para av. Antônio Carlos, retorno viaduto Angola, av. Antônio Carlos (pista exclusiva), viaduto Nansen Araújo, av. Oiapoque, rua São Paulo, av. Santos Dumont, rua Espírito Santo, av. do Contorno, av. dos Andradas, rua Bernardo Monteiro, Estação Bernardo Monteiro, avenidas dos Andradas, Contorno, viaduto Leste, av. Cristiano Machado (Pista Exclusiva).

 

Praça da Estação

Linhas 4600, 4665 -  seguirão pelo viaduto da Floresta, av. do Contorno, ruas Rio Grande do Sul, Tupinambás, av. Olegário Maciel, ruas dos Goitacazes, Rio Grande do Sul, dos Guajajaras, Santa Catarina, av. Augusto de Lima.

Linhas 402H - 412H - 502H - 512H - 522H - terão o ponto de embarque e desembarque provisório na rua Célio de Castro entre rua Inhaúma e rua Varginha e farão o seguinte itinerário: av. Nossa senhora de Fátima, rua Peçanha, av. D. Pedro II, av. Nossa Senhora de Fátima, ruas Célio de Castro, Januária, Pouso Alegre, Itajubá, av. do Contorno, ruas Maranhão, Domingos Vieira, av. Bernardo Monteiro (Estação Bernardo Monteiro), av. dos Andradas, av. do Contorno, viaduto Floresta, av. do Contorno

Linhas 2390 – 2391 – 2150 – 2130 – seguirão pela av. D. Pedro II, viaduto Sarah Kubitscheck, av. Olegário Maciel, rua dos Tupis, rua Mato Grosso, viaduto Oeste, av. Nossa Senhora de Fátima, ruas Célio de Castro, Januária, Pouso Alegre, Itajubá, av. do Contorno, ruas Maranhão, Domingos Vieira, Ceará, avenidas Professor Alfredo Balena, Bernardo Monteiro, av. Francisco Sales, rua Sapucaí,  av. do Contorno, viaduto Floresta, av. do Contorno, rua Rio Grande do Sul, rua dos Tupinambás, av. Olegário Maciel, rua dos Tupis

Linhas 302H –  2580 - 2581 – 7905 – seguirão av. do Contorno, ruas dos Tamoios, Rio Grande do Sul, Tupis, Mato Grosso, av. do Contorno, viaduto Oeste, av. Nossa Senhora de Fátima, ruas Célio de Castro, Januária, Pouso Alegre, Itajubá, av. do Contorno, ruas Maranhão, Domingos Vieira, Ceará, av. Professor Alfredo Balena, av. Bernardo Monteiro, av. Francisco Sales, rua Sapucaí,  av. do Contorno, viaduto Floresta, av. do Contorno, ruas Rio Grande do Sul, Tupinambás, av. Olegário Maciel, rua dos Goitacazes

Linhas 1110 - 1111 - 1280 - 1281 - 2190 - 2200 - 2950 - 7180 - 7840 – 7900 – seguirão pela av. Amazonas, rua Araguari, av. do Contorno, viaduto Oeste, av. Nossa Senhora de Fátima, ruas Célio de Castro, Januária, Pouso Alegre, Itajubá, av. do Contorno, rua Maranhão, ruas Domingos Vieira, Ceará, avenidas Professor Alfredo Balena, Bernardo Monteiro,. Francisco Sales, rua Sapucaí, av. do Contorno, viaduto Floresta, av. do Contorno, rua Rio Grande do Sul, rua dos Tupinambás, av. Olegário Maciel, rua dos Goitacazes

Linhas 4605 – 4610 – 4635 – 4640 e 4650 – seguirão pela av. dos Andradas, ruas dos Carijós, Bahia, av. Assis Chateaubriand (ao lado do Parque Municipal), av. dos Andradas

As linhas que acessam a área central pela av. Amazonas, no período de 17h até às 21h ou até o término do evento, deverão operar da seguinte forma: av. Amazonas, ruas Araguari, Tamoios, av. Olegário Maciel, rua dos Goitacazes, rua Rio Grande do Sul, av. Amazonas, ...

A operação da Estação Aarão Reis será transferida para a Estação Espirito Santo, localizada na Av. Santos Dumont entre Rua Rio de Janeiro e Rua Espirito Santo, da zero hora de domingo (16/07) até o final da 20ª Parada do Orgulho LGBT.

]]>
Notícias Fri, 14 Jul 2017 14:55:26 -0300
Lei reduz em 9,31% tarifa do transporte intermunicipal em Minas Gerais http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2227-lei-reduz-em-9-31-tarifa-do-transporte-intermunicipal-em-minas-gerais http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2227-lei-reduz-em-9-31-tarifa-do-transporte-intermunicipal-em-minas-gerais

A partir deste sábado (15/07), as passagens dos ônibus intermunicipais estarão em média 9,31% mais baratas em todo o estado. O benefício foi instituído pela Lei Estadual 22.549 e pelos Decretos  47.210 e 47.218 que concederam  a desoneração do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) referente a prestação de serviço de transporte rodoviário de passageiros, vinculando o repasse à redução do valor das tarifas. A medida consta da resoluções Setop 11 e 12/2017.

Esta é a segunda redução no valor da tarifa do transporte coletivo intermunicipal de passageiros nos últimos doze meses. No mês de outubro de 2016, o Governo de Minas Gerais sancionou a Lei 22.288/2016 que extinguiu a Taxa de Gerenciamento Operacional (TGO) proporcionando uma redução de cerca de 5% no valor das passagens dos ônibus intermunicipais.

A redução no valor da tarifa vai beneficiar a uma média de 4,9 milhões de passageiros que mensalmente realizam viagens entre os municípios mineiros.

Os ônibus com características urbanas, como aqueles que circulam nas Regiões Metropolitanas de Belo Horizonte e do Vale Aço, cujas concessões são também gerenciadas pela Setop,  já possuem isenção de ICMS e não serão abarcados pela nova medida.

As exceções, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, ficam por conta dos ônibus com características rodoviárias, como os que realizam viagens para o aeroporto de Confins e Instituto Inhotim, em Brumadinho, que também terão descontos no preço das passagens a partir deste sábado (15/07). O percentual aplicado será  de 8,94%.

Com a desoneração do ICMS e consequente redução do valor da passagem, a maior tarifa, de Uberlândia a Juiz de Fora, passará de R$ 274,95 para R$ 249,40.  Já a passagem de Sete Lagoas para Belo Horizonte, em ônibus rodoviário convencional, passará de R$24,70 para R$22,45. 

As taxas de embarque e percentuais referentes aos pedágios permanecem inalterados e não são definidos pela SETOP.

tabela-tarifa

]]>
Notícias Fri, 14 Jul 2017 13:53:22 -0300
Fernando Pimentel entrega obras em rodovia no Território Vertentes http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2226-fernando-pimentel-entrega-obras-em-rodovia-no-territorio-vertentes http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2226-fernando-pimentel-entrega-obras-em-rodovia-no-territorio-vertentes

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, entregou nesta quinta-feira (13/7) em Lagoa Dourada, Território Vertentes, as obras de melhoramento e pavimentação da MG-275, no trecho entre entroncamento com a BR-383, em Lagoa Dourada, e o município de Carandaí.

A revitalização do trecho de 28,8 quilômetros da rodovia beneficiará diretamente cerca de 36 mil pessoas, que vivem nos dois municípios, além de outras 540 mil pessoas residentes em 42 municípios que compõem as regiões do Alto Paraopeba e Campos das Vertentes.

Pimentel destacou a importância da obra não só para os moradores de Lagoa Dourada e Carandaí, mas para todo o estado. “Essa rodovia é uma ligação que vai beneficiar muito o setor de produção agrícola, que é importante não só para a capital, Belo Horizonte, mas para o estado inteiro. Aqui, em especial, a gente fica encantado com o trabalho, o empenho e o carinho com que o produtor rural desenvolve a sua atividade e proporciona alimentos na mesa de quem mora na Região Metropolitana de Belo Horizonte. E agora, com essa estrada, nós vamos baratear o custo do transporte, vamos facilitar o transporte das mercadorias, tornar um pouquinho mais fácil a vida do produtor rural”, afirmou o governador, que relembrou, ainda, que a obra foi retomada durante a sua gestão.

“Quando nós chegamos ao governo, essa obra estava parada. Ela foi paralisada no final do governo passado, quando todas as obras foram paralisadas, e a gente teve que retomar. Essa obra foi retomada graças à reivindicação da população da região, através de suas lideranças, que se fez ouvir nos Fóruns Regionais de Governo. Daí a importância desse mecanismo de consulta popular que nós implantamos em Minas Gerais e continuamos trabalhando nele, e que faz com que as prioridades de cada região possam ser atendidas, ainda que num contexto de pouco dinheiro”, afirmou.

Rodovia

As obras de melhoramento, pavimentação e construção da ponte sobre o rio Carandaí tiveram como objetivo tornar o acesso à região mais rápido. A expectativa é que, a partir de agora, o tempo médio de deslocamento entre Carandaí e Lagoa Dourada seja reduzido em 30 minutos.

Além disso, a obra aumenta a segurança para a circulação de pessoas e o escoamento da produção de hortifrutigranjeiros e de produtos das indústrias mineral, siderúrgica e cimenteira instaladas próximas à rodovia.

Foram pavimentados 28,8 quilômetros de via, com investimento de cerca de R$ 52,1 milhões. As obras foram realizadas pelo Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Transporte e Obras Públicas (Setop) e do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG).

Para o prefeito de Lagoa Dourada, Manoel Geraldo de Resende, a obra irá melhorar a infraestrutura da região. “Os benefícios para a região serão imensos, pois melhora a qualidade de vida das comunidades localizadas ao longo dessa rodovia. Melhoram também as condições de escoamento da produção rural e transporte na região”, disse.

Já o prefeito de Carandaí, Washington Luiz Gravina Teixeira, disse que, com o asfaltamento da estrada, “um sonho se torna realidade”. “O senhor não sabe a importância que essa obra tem para região, e, com certeza, trará mais negócios para o setor agropecuário da região. Esta obra ficará na história de Carandaí e o seu nome também”, disse, em agradecimento ao governador Fernando Pimentel.

Durante a solenidade, o Governador cumprimentou o almoxarife Luiz Paulo de Oliveira, que representou os trabalhadores da obra no evento. Estiveram presentes o secretário de Estado de Transporte e Obras Públicas, Murilo Valadares, os deputados estaduais Leonídio Bouças, Cristiano Silveira e Glaycon Franco, além dos prefeitos de Entre Rios de Minas, José Walter Resende Aguiar, de Queluzito, Célio de Souza, de Santa Cruz de Minas, Sinara Rafaela Campos, de Capela Nova, Adelmo de Rezende, de Casa Grande, Luiz Gonçalves, e de Cipotânea, José Bonifácio Gomes, além de vereadores e outras lideranças da região.

Fonte: Agência Minas
Fotos 1 e 3: Manoel Marques/Imprensa MG
Foto 2: DEER/MG

]]>
Notícias Thu, 13 Jul 2017 12:15:46 -0300
Alterações temporárias de itinerários de linhas metropolitanas dias 08 e 09/07 http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2225-alteracoes-temporarias-de-itinerarios-de-linhas-metropolitanas-dias-08-e-09-07 http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2225-alteracoes-temporarias-de-itinerarios-de-linhas-metropolitanas-dias-08-e-09-07

Em função do Arraial de Belo Horizonte, a partir das 17 horas de sábado (08/07)  e de domingo (09/07) ocorrerá fechamento das vias para o trânsito no entorno da praça da Estação e, consequentemente, alterações temporárias de itinerários de várias linhas do transporte metropolitano.

A operação da estação Aarão Reis será transferida para a estação Espírito do Santo, localizada na av. Santos Dumont entre as ruas Rio de Janeiro e Espirito Santo, a partir da zero hora do sábado (08/07) até o final do Arraial de Belo Horizonte, no domingo (09/07).

Veja abaixo as linhas metropolitanas que terão os itinerários temporariamente alterados:

Praça da Estação/ Área Hospitalar

Linhas 4620,4625, 4670 – viaduto da Floresta, av. dos Andradas, rua dos Guaicurus, rua dos Caetés, rua da Bahia, rua dos Tupinambás, av. dos Andradas, ....

Linhas 2381, 2290 –av. do Contorno, rua Paulo de Frontin, av. Olegário Maciel, rua dos Caetés, rua da Bahia...

Linhas 2390, 2391, 2150, 2130 – av. do Contorno, rua Paulo de Frontin, av. Olegário Maciel, rua dos Caetés, rua da Bahia, rua dos Tupinambás, av. dos Andradas ...

Linhas 302H, 402H, 412H, 502H, 512H, 522H - av. do Contorno, rua Rio de Janeiro, rua dos Guaicurus, rua São Paulo, rua dos Caetés, rua da Bahia, rua dos Tupinambás, av. dos Andradas ...

Área Hospitalar / Praça da Estação

Linhas 302H, 402H, 412H, 502H, 512H, 522H, 7905, 7900, 7840 – av. dos Andradas, rua dos Carijós, rua Espírito Santo ...

Linhas 4605, 4610, 4635, 4640 e 4650 –av. dos Andradas, rua dos Carijós, rua da Bahia, av. Assis Chateaubriand (ao lado do Parque Municipal), av. dos Andradas ...

]]>
Notícias Fri, 07 Jul 2017 14:05:35 -0300
Fernando Pimentel anuncia investimentos em João Pinheiro durante Fórum Regional de Governo http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2224-fernando-pimentel-anuncia-investimentos-em-joao-pinheiro-durante-forum-regional-de-governo http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2224-fernando-pimentel-anuncia-investimentos-em-joao-pinheiro-durante-forum-regional-de-governo

forum-07-07-2017

O governador Fernando Pimentel participou nesta quinta-feira (6/7), em João Pinheiro, Território Noroeste, do encontro da nova fase do Fórum Regional de Governo – Por todo o Estado, com todos os mineiros. O evento reforça a política de regionalização implantada pela gestão estadual e reuniu representantes dos 30 municípios que integram o território.

Durante o evento, com participação de cerca de 4 mil pessoas, o governador anunciou uma série de investimentos para o município e região, como a reforma de escolas, doação de veículo para a segurança e equipamentos e materiais para a infraestrutura. Fernando Pimentel também recebeu o Título de Cidadão Honorário de João Pinheiro.

Segundo o governador, o modelo dos fóruns regionais permite a aproximação direta do governo com a população mineira. “A melhor forma de governar é estar perto das pessoas, chegar perto, com humildade, com sinceridade, ouvir os problemas de cada região, de cada cidadão, e tentar resolvê-los, ainda que com dificuldades. A situação financeira do Estado não é boa, como não é das prefeituras e não é do governo federal, mas isso não é desculpa para a gente ficar lamuriando. Isso é motivo para a gente trabalhar mais, se empenhar mais. É por isso que nós implantamos esse modelo dos Fóruns Regionais de Governo, já há dois anos, e com muitas entregas aqui na região”, afirmou.

Na avaliação de Fernando Pimentel, os resultados do modelo dos fóruns podem ser vistos em várias regiões do estado com entregas e investimentos, assim como foi anunciado em João Pinheiro nesta quinta-feira. “Hoje, nós assinamos aqui alguns despachos importantes e encaminhamos problemas que há muito tempo estavam parados. Nós já mandamos uma viatura para reforçar o patrulhamento rural no município. Esse tipo de situação, de entrega, a gente só consegue resolver quando chegamos perto das pessoas”, frisou.

Investimentos

Durante o evento, o governador assinou despacho prevendo a execução de obras de reforma das escolas estaduais Presidente Olegário e Quintino Vargas, em João Pinheiro, com investimento de R$ 650 mil. Também determinou a cessão de uso de máquinas e equipamentos e a doação de materiais para a pavimentação de vias no município. Ainda foram doados dois Kits Feira Livre para a agricultura familiar na cidade.

Fernando Pimentel agradeceu o título de cidadão honorário entregue a ele durante a cerimônia. “O mineiro trata a cidade dele como se fosse a sua casa. Quando os cidadãos de uma cidade dão o título de cidadão honorário a alguém, eles estão convidando a pessoa para a casa deles. Em Minas, quando a gente vai entrar em uma casa, a gente grita: ‘ô de casa’, e a pessoa lá de dentro responde: ‘pode entrar’. Aqui em João Pinheiro eu não preciso mais dizer ‘ô de casa’, porque, a partir de agora, eu já sou de casa. Por isso, é uma honra, uma alegria e uma emoção muito grande receber esse título de cidadão honorário”, finalizou.

Participação popular

Durante a realização dos fóruns, o núcleo de governo do Estado é transferido, simbolicamente, para os municípios dos territórios onde se realizam os encontros, com participação de todos os órgãos do Governo, que apresentam e disponibilizam serviços aos gestores públicos e à população, além de mostrar suas ações e resultados.

Participam do encontro secretários de Estado, que têm agendas paralelas às dos Fóruns Regionais, com os colegiados executivos, parlamentares, prefeitos, vereadores e representantes de mais de 40 órgãos estaduais. Nesta nova rodada, já foram realizados encontros em Ituiutaba, Território Triângulo Norte (4/5), Montes Claros, Território Norte (1º/6), Juiz de Fora, Território Mata (8/6) e Manhuaçu, Território Caparaó (29/6). Estão programados eventos para cada um dos 17 Territórios de Desenvolvimento.

Representando os membros da sociedade civil do Colegiado Executivo do Território Noroeste e membro da Cooperfruta, Joaquim Carlos Mendes destacou a iniciativa de descentralizar a gestão estadual. “É muito importante para o nosso Território, que é uma região muito esquecida, a presença do governo. As políticas públicas de descentralização incentivam a ação e o envolvimento da população”, disse, ressaltando os investimentos do Estado na agricultura familiar e a criação da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário.

O secretário de Estado Extraordinário de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais (Seedif), Wadson Ribeiro, apontou o sucesso do modelo de participação popular. “Estamos planejando as ações de governo de uma forma diferente. Viemos fazer o debate no local para conhecer as adversidades, para sabermos como trabalhar em cada região”.

O prefeito de João Pinheiro, Edmar Xavier Maciel, disse que a presença do governador e de toda a sua equipe era um momento histórico para o município e região. “Aqui passamos as demandas e já tivemos compromissos firmados e assinados. Isso é ouvir as pessoas para governar”, afirmou.

O deputado estadual Bosco destacou os investimentos realizados pela administração estadual na região. “Minas Gerais está fazendo a diferença com muito trabalho. O governo está no rumo certo. Temos que acreditar na política do bem para ajudar o Estado a crescer”, finalizou.

Entregas

Entre outras ações que melhoraram a vida dos mineiros e das mineiras dos 30 municípios do Território Noroeste, e atendendo demandas surgidas nas reuniões dos Fóruns Regionais de Governo nos dois primeiros anos da atual administração, foram reformadas ou ampliadas 40 escolas da região.

Até maio último, foram entregues a municípios do território 54 ônibus para transporte escolar de estudantes das redes estadual e municipais de ensino. São 137 escolas com acesso à internet e 121 que receberam kit informática. Para a alimentação escolar foram R$ 7,15 milhões e, para manutenção do transporte escolar, outros R$ 23,4 milhões, até o mês passado.

Para a ampliação do atendimento à saúde, foram entregues 29 ambulâncias e 53 veículos para uso diverso. Para a melhoria dos serviços de segurança pública, foram destinadas 98 viaturas para a Polícia Militar, oito para o Corpo de Bombeiros Militar e duas para a Polícia Civil. Além disso, foi inaugurado o quarto pelotão do Corpo de Bombeiro Militar em Paracatu, criadas 93 vagas na Associação de Proteção e Assistência a Condenados (Apac), em Paracatu e Patos de Minas, e assumidas 40 vagas de cadeia pelo sistema prisional em Buritis.

Na área de infraestrutura, foram feitas 2.647 ligações elétricas rurais, além de investimentos da ordem R$ 128 milhões, na melhoria e expansão da rede de distribuição de eletricidade.

Para o fomento à comercialização de produtos agrícolas, foram destinados à região três caminhões isotérmicos, para o transporte adequado de alimentos, e 11 kits feira. Em Brasilândia de Minas, foram concluídas, em setembro de 2016, as obras de construção de Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), interceptores e 59 mil metros de rede coletora, além da implantação de 2,3 mil ligações. Ainda no mesmo município, foi implantado novo sistema de captação de água do Rio Paracatu e ampliada a capacidade da Estação de Tratamento de Água (ETA), além da instalação de reservatório com capacidade para 500 metros cúbicos.

Também foram concluídas as obras no trecho rodoviário entre Pindaíbas (Distrito de Patos de Minas) e o entroncamento com a BR-365, em agosto de 2015, e o trecho da MG-230, entre Serra do Salitre e Rio Paranaíba e o contorno de Rio Paranaíba, em fevereiro de 2016. E 235 moradias foram entregues à população de baixa renda.

Para o incremento da atividade econômica do Território Noroeste, o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) destinou recursos da ordem de R$ 148,35 milhões para empresas de diversos portes e produtores rurais, beneficiando a indústria de transformação, comércio e serviços, entre outros, em 28 municípios.

Clique aqui para ver o balanço completo das entregas no Território Noroeste.

Também participaram do evento os secretários de Estado Odair Cunha (Governo), Helvécio Magalhães (Planejamento e Gestão), Murilo Valadares (Transportes e Obras Públicas), Miguel Corrêa (Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior), Angelo Oswaldo (Cultura), Professor Neivaldo (Desenvolvimento Agrário), Sérgio Menezes (Segurança Pública), Arnaldo Gontijo (Esportes), Carlos Murta (Cidades e de Integração Regional) e Pedro Leitão (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), os comandantes gerais da Polícia Militar, coronel Helbert Figueiró, e do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Cláudio Roberto de Souza, os presidentes da Cemig, Bernardo Alvarenga, da Copasa, Sinara Meirelles, do BDMG, Marco Aurélio Crocco, e da Epamig, Rui Verneque, e o diretor de Serviços da Codemig, Zito Vieira, além dos deputados federais Ademir Camilo, Raquel Muniz, Jaime Martins e Renato Andrade, prefeitos, vereadores e lideranças políticas e comunitárias da região.

Fonte: Agência Minas

]]>
Notícias Fri, 07 Jul 2017 08:54:38 -0300
Alterações no itinerários e nomenclaturas de linhas metropolitanas http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2223-alteracoes-no-itinerarios-e-nomenclaturas-de-linhas-metropolitanas http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2223-alteracoes-no-itinerarios-e-nomenclaturas-de-linhas-metropolitanas
Termina nesta sexta-feira (07/07) o prazo para os usuários e/ou quaisquer interessados que não concordarem com as alterações de itinerários e nomenclaturas das linhas 5430 – Luar Pampulha/Belo Horizonte e 5432 – Toronto/Belo Horizonte, em estudo na Subsecretaria de Regulação de Transportes, apresentarem impugnação, por escrito e fundamentada, no protocolo geral do edifício Minas, 1º andar – Cidade Administrativa ou na unidade do UAI - Praça 7, em Belo Horizonte. Os avisos com as propostas de alterações foram publicados no Minas Gerais do último dia 27 de junho, pág. 24 do Diário do Executivo.
 
A proposta prevê que a linha 5430 passará a ser denominada Luar Pampulha/Terminal Vilarinho com o seguinte itinerário de ida e volta: Terminal Vilarinho, av. Vilarinho, ruas Maçom Ribeiro, Padre Pedro Pinto, dos Camargos, Conceição Martins, dos Menezes, Quinta da Boa Vista, Serafim Pereira da Silva, Josué Martins de Souza, Maria Gertrudes, Radialista Maclerevski, José Rocha da Paixão, Ana Alvarenga Campos, Helga Taveira de Souza, São Marcos, São Bento, São Marcos, Helga Taveira de Souza, Ana Alvarenga Campos, José Rocha da Paixão, Radialista Maclerevski, Maria Gertrudes, Josué Martins de Souza, Padre Pedro Pinto, avenidas Dr. Álvaro Camargo, Vilarinho e Terminal Vilarinho.

A linha 5432 passará a ser denominada Toronto/Terminal Vilarinho e a proposta de itinerário é a seguinte: Terminal Vilarinho, av. Vilarinho, ruas Maçom Ribeiro, Padre Pedro Pinto, dos Camargos, Conceição Martins, dos Menezes,  Quinta da Boa Vista,  Serafim Pereira da Silva, Josué Martins de Souza, Maria Gertrudes, Radialista Maclerevski, José Rocha da Paixão, Ana Alvarenga Campos, Helga Taveira de Souza, Nossa Senhora do Carmo, Petrópolis, Estanislau Pedro Boardman, rua Seis, rua Três, rua Dezesseis, rua Hum, rua Vinte e Dois, rua Hum, rua Dezesseis, rua Três, rua Seis, ruas Estanislau Pedro Boardman, Petrópolis, Nossa Senhora do Carmo, Helga Taveira de Souza, Ana Alvarenga Campos, Radialista Margarida Maciel, av. Radialista Orlando Cavalcante, ruas Rosângela, Josué Martins de Souza, Padre Pedro Pinto, avenidas Dr. Álvaro Camargo, Vilarinho e Terminal Vilarinho.
]]>
Notícias Thu, 06 Jul 2017 08:16:31 -0300
Rodovias estaduais recebem 18 novos radares fixos http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2222-rodovias-estaduais-recebem-18-novos-radares-fixos http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2222-rodovias-estaduais-recebem-18-novos-radares-fixos

O controle eletrônico de velocidade, por meio da operação de radares fixos, será ampliado para mais 18 novos pontos, em rodovias sob responsabilidade do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG). A partir da próxima terça-feira (11/07), os equipamentos passam a operar de modo definitivo e, consequentemente, a multar os motoristas que ultrapassarem o limite de velocidade estabelecido para o trecho.

Os novos radares estão ligados desde a terça-feira (04/07), funcionando em caráter educativo para alertar os motoristas sobre a necessidade do respeito aos limites de velocidade, nas seguintes rodovias: LMG-808, quilômetro 6,0, em Contagem; MGC-120, quilômetros 212,3 e 223,2, em São Pedro de Suaçuí, quilômetros 460,9 e 466,8, em Nova Era e quilômetro 557,5 em Rio Doce; MG-435, quilômetros 12,6 e 13,9, em Caeté; MGC-354, quilômetro 178,0, em Patos de Minas; MG-230, quilômetros 83,9 e 92,2, em Patrocínio; BR-482, quilômetro 19,9, em Espera Feliz; LMG-838, quilômetro 19,4, em Luisburgo; LMG-758, quilômetros 56,5, 67,6 e 67,8, em Belo Oriente; MG232, quilômetros 17,7 e 17,9, em Santana do Paraíso.

Os condutores devem ficar atentos às placas de sinalização viária, que determinam a velocidade máxima permitida em cada trecho.

Independentemente da presença dos radares, o DEER/MG lembra que a segurança nos deslocamentos rodoviários pode ser alcançada com o respeito à sinalização e aos limites de velocidade.

A localização de cada um dos radares fixos que já estão em operação nas rodovias estaduais pode ser consultada no link www.der.mg.gov.br/saiba-sobre/radares-do-dermg

]]>
Notícias Wed, 05 Jul 2017 11:21:42 -0300
Alterações temporárias de itinerários de linhas metropolitanas nos dias 01 e 02/07 http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2221-alteracoes-temporarias-de-itinerarios-de-linhas-metropolitanas-nos-dias-01-e-02-07 http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2221-alteracoes-temporarias-de-itinerarios-de-linhas-metropolitanas-nos-dias-01-e-02-07

Em função de dois eventos com concentração de público na área central de Belo Horizonte nos dias 01 e 02 de julho, sábado e domingo próximos – Arraial de Belo Horizonte e 2ª Corrida e Caminhada do Mercado Central – com fechamento de vias para o trânsito a partir das 17 horas de sábado (01/07) no entorno da praça da Estação e do Mercado Central, haverá alterações temporárias de itinerários de várias linhas do transporte metropolitano.

A operação da estação Aarão Reis será transferida para a estação Espírito do Santo, localizada na av. Santos Dumont entre as ruas Rio de Janeiro e Espirito Santo, a partir da zero hora do sábado (01/07) até o final do Arraial de Belo Horizonte, no domingo (02/07).

Veja abaixo as linhas metropolitanas que terão os itinerários temporariamente alterados:

Mercado Central – de 18 horas do dia 01/07 às 20 horas do dia 02/07

Linhas 2190, 2200, 2130, 2150, 2290, 2381, 2390, 2391, 2580, 2581 e 2950 - av. Augusto de Lima, rua São Paulo, av. Amazonas, rua dos Goitacazes ...

Praça da Estação/ Área Hospitalar –de 17 horas do dia 01/07 até o final do evento e de 17 horas do dia 02/07 até o final do evento

Linhas 4620,4625, 4670 – viaduto da Floresta, av. dos Andradas, rua dos Guaicurus, rua dos Caetés, rua da Bahia, rua dos Tupinambás, av. dos Andradas, ....

Linhas 2381, 2290 –av. do Contorno, rua Paulo de Frontin, av. Olegário Maciel, rua dos Caetés, rua da Bahia...

Linhas 2390, 2391, 2150, 2130 – av. do Contorno, rua Paulo de Frontin, av. Olegário Maciel, rua dos Caetés, rua da Bahia, rua dos Tupinambás, av. dos Andradas ...

Linhas 302H, 402H, 412H, 502H, 512H, 522H - av. do Contorno, rua Rio de Janeiro, rua dos Guaicurus, rua São Paulo, rua dos Caetés, rua da Bahia, rua dos Tupinambás, av. dos Andradas ...

Área Hospitalar / Praça da Estação - de 17 horas do dia 01/07 até o final do evento e de 17 horas do dia 02/07 até o final do evento

Linhas 302H, 402H, 412H, 502H, 512H, 522H, 7905, 7900, 7840 – av. dos Andradas, rua dos Carijós, rua Espírito Santo ...

Linhas 4605, 4610, 4635, 4640 e 4650 –av. dos Andradas, rua dos Carijós, rua da Bahia, av. Assis Chateaubriand (ao lado do Parque Municipal), av. dos Andradas ...

 

]]>
Notícias Fri, 30 Jun 2017 13:46:30 -0300
Pimentel participa de Fórum Regional no Território Caparaó e destaca política de regionalização http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2220-pimentel-participa-de-forum-regional-no-territorio-caparao-e-destaca-politica-de-regionalizacao http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2220-pimentel-participa-de-forum-regional-no-territorio-caparao-e-destaca-politica-de-regionalizacao

O governador Fernando Pimentel participou nesta quinta-feira (29/6), em Manhuaçu, Território Caparaó, de reunião da nova fase do Fórum Regional de Governo – Por todo o Estado, com todos os mineiros. Cerca de 3,5 mil pessoas, representantes dos 55 municípios que integram o Território, estiveram no evento, cujo objetivo é reforçar a política de regionalização implantada pela nova gestão estadual. Fernando Pimentel apresentou resultados de ações públicas na região, como investimentos em saúde e segurança.

“Estamos celebrando hoje um mecanismo de governo que deu certo e está produzindo resultados, que são os Fóruns Regionais de Governo. Estamos tirando o governo da capital, de dentro das salas com ar condicionado lá de Belo Horizonte. Estamos percorrendo as estradas, procurando as pessoas com humildade, com sinceridade, ouvindo todo mundo. E isso está produzindo bons resultados, como o convênio que fizemos para terminar a obra do anexo do Hospital César Leite”, afirmou Pimentel.

O governador destacou a importância de entregas em todo o estado para as cidades de menor porte. “Às vezes, as pessoas lá de longe, lá da capital ou, às vezes, até de outros estados, dizem que são pequenas entregas. Mas, para quem está aqui, vivendo as dificuldades que a nossa gente vive, são muito importantes e beneficiam muita gente”, disse.

Fernando Pimentel ressaltou o empenho do governo para conseguir avançar em políticas públicas, apesar da crise financeira vivida por todo o país. Ele lembrou que um dos focos do governo agora é buscar o encontro de contas referente à Lei Kandir que, a partir de 1996, desobrigou as empresas exportadoras a recolherem o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) aos cofres estaduais.

Por conta desta legislação, o Estado - e os municípios mineiros, que têm direito a 25% do valor - deixaram de receber R$ 135 bilhões. O ressarcimento destas perdas caberia ao governo federal. Ao mesmo tempo, a dívida de Minas com a União é de R$ 88 bilhões. O que o governo mineiro está propondo é justamente o encontro de contas entre o Estado e a União.

“Nós, mineiros e mineiras, estamos enfrentando a crise com trabalho, sem queixar, sem chorar pelos cantos. Eu tenho ido a Brasília reivindicar os justos direitos de Minas Gerais. Agora, por exemplo, estamos reivindicando o ressarcimento e indenização das perdas que o Estado teve com essa famigerada Lei Kandir. Quase metade do nosso Produto Interno Bruto (PIB) é exportado com café e minério de ferro, e nós não podemos cobrar o ICMS nem repassar para os municípios a parcela deles. Tenho ido muito a Brasília reivindicar e tentar melhorar as condições que o governo federal tem nos oferecido. Aliás, elas são muito ruins, mas eu persisto.  Minha grande reinvindicação em Brasília é: deixem Minas trabalhar”, finalizou o governador. 

Durante a cerimônia, Fernando Pimentel assinou mensagem encaminhando à Assembleia Legislativa de Minas Gerais um projeto de lei que autoriza a doação do imóvel onde funciona atualmente o Fórum de Comarca de Manhuaçu para a prefeitura da cidade, que utilizará o espaço para implantação e funcionamento de serviços públicos.

Política regionalizada

Nesta quinta-feira, o núcleo de governo do Estado foi simbolicamente transferido para o Território Caparaó. Para o secretário de Estado Extraordinário de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais, Wadson Ribeiro, esses encontros são oportunidades importantes para detectar os problemas e direcionar soluções para as demandas de cada região.

“Os fóruns são importantes porque são os espaços de planejamento participativo das ações do governo, e não de políticas que vêm de cima para baixo. São políticas construídas com cada mineiro. Isso tem significado uma verdadeira tomografia computadorizada das demandas mais importantes para cada território de desenvolvimento de Minas Gerais. Tem servido para que seja feito um conjunto de entregas que tem melhorado a qualidade de vida, promovido políticas sociais e encarado o gargalo da infraestrutura. Tudo isso em um cenário de muitas dificuldades”, destacou Ribeiro.

Ivanilda Maria Vergílio, representante da sociedade civil do Colegiado do Território Caparaó, ressaltou a importância dos Fóruns como um processo de participação popular. “Os fóruns são uma expressão da democracia, de participação onde se propõe que os cidadãos sejam ouvidos pelo governo. Até então, não tínhamos a cultura de dar ouvido aos movimentos sociais, ao povo. Espero que os fóruns sejam uma inspiração para os municípios, que criem a cultura de ouvir para governar, para saber quais são os verdadeiros anseios dos cidadãos”, afirmou.

A prefeita de Manhuaçu, Cici Magalhães, destacou ações recentes do Estado na região, como investimentos na saúde e na aquisição de viaturas e ambulâncias. A prefeita lembrou a liberação de R$ 5,2 milhões para obras do Hospital César Leite que atende 24 municípios do entorno, onde vivem cerca de 400 mil pessoas.

“A obra não é do Hospital César Leite ou de Manhuaçu, mas é de todos, para atender milhares de usuários. A participação popular tornou-se efetivamente uma política de Estado”, disse.

O deputado estadual João Magalhães destacou a política de interiorização do atual governo. “A presença de todo o governo aqui é uma demonstração de apreço pelos municípios que precisam constantemente da presença do poder público”, disse.

 

Programação

No local do encontro, foram montados estandes onde as instituições, fundações, empresas públicas e secretarias disponibilizaram serviços aos prefeitos, vereadores, produtores rurais e micro e pequenos empreendedores e para o cidadão em geral. Também foram realizadas palestras e workshops para a comunidade, agricultores, movimentos sociais e gestores públicos.  A programação incluiu ainda a feira dos empreendedores da economia popular solidária e da agricultura familiar, além de atividades culturais.

Nesta nova rodada, estão programados eventos para cada um dos 17 Territórios de Desenvolvimento, envolvendo todos os órgãos do governo. Já foram realizados encontros em Ituiutaba, Território Triângulo Norte (4/5), Montes Claros, Território Norte (1º/6), e Juiz de Fora, Território Mata (8/6).

Entregas

Entre outras ações que melhoram a vida dos mineiros e das mineiras dos 55 municípios do Território Caparaó, e atendendo demandas surgidas nas reuniões dos Fóruns Regionais de Governo nos dois primeiros anos da atual administração, foram reformadas ou ampliadas 24 escolas da região. Até maio último, foram entregues a municípios do Território 68 ônibus para transporte escolar de estudantes das redes estadual e municipais de ensino. Para a alimentação escolar, foram R$ 6,03 milhões – e, para manutenção do transporte escolar, outros R$ 33,88 milhões.

Para a ampliação do atendimento à saúde, foram entregues 31 ambulâncias e 53 veículos para uso diverso. Para a melhoria dos serviços de segurança pública, foram destinadas 25 viaturas para a Polícia Militar, seis para o Corpo de Bombeiros Militar e 17 para a Polícia Civil.

Na área de infraestrutura foram feitas 1.154 ligações elétricas rurais, além de investimentos da ordem R$ 31,98 milhões, na melhoria e expansão da rede de distribuição de eletricidade. Foram retomadas e concluídas, em abril de 2016, as obras de melhoria do aeroporto de Manhuaçu, nas quais foram investidos cerca de R$ 707,5 mil. Para o fomento à comercialização de produtos agrícolas, foram destinados à região dois caminhões isotérmicos, para o transporte adequado de alimentos, e 14 kits feira.

Para o incremento da atividade econômica do Território Caparaó, o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) destinou recursos da ordem de R$ 58,69 milhões para empresas de diversos portes e produtores rurais, beneficiando a indústria de transformação, comércio e serviços, entre outros, em 46 municípios.

Clique aqui para ver o balanço completo das entregas no Território Caparaó.

Presenças

O encontro em Manhuaçu contou com a presença do presidente da Assembleia Legislativa, Adalclever Lopes, dos deputados federais Leonardo Monteiro, Reginaldo Lopes, Gabriel Guimarães, e dos deputados estaduais, Celise Laviola, Durval Ângelo, Rogério Correia e Bráulio Braz

Participaram ainda os secretários Helvécio Magalhães (Planejamento e Gestão), Odair Cunha (Governo), Nilmário Miranda (Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania), Angelo Oswaldo (Cultura), Professor Neivaldo (Desenvolvimento Agrário), Rosilene Rocha (Trabalho e Desenvolvimento Social), Sergio Menezes (Segurança Pública), Arnaldo Gontijo (Esportes), Carlos Murta (Cidades e Integração Regional) e Pedro Leitão (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), e o secretário adjunto de Educação, Wieland Silberschneider. Os presidentes da Copasa, Sinara Meireles, e do Ipsemg, Hugo Teixeira, o comandante geral da Policia Militar, coronel Helbert Figueiró, o chefe do Gabinete Militar do governador, coronel Fernando Arantes, o chefe da Polícia Civil, João Otacílio da Silva Neto, o advogado geral do Estado, Onofre Batista, também estiveram ao lado de prefeitos, vereadores e representantes da sociedade civil, no encontro de Manhuaçu. 

Fazendo história

Os Fóruns Regionais de Governo foram criados há quase dois anos por meio de decreto do governador Fernando Pimentel. A iniciativa, inédita em Minas Gerais, é um dos pilares da administração estadual e tem o objetivo de incluir a população no processo de planejamento das ações governamentais, monitoramento e avaliação de políticas públicas de forma regionalizada.

A divisão territorial do Estado proporcionou, nesse período, a realização de mais de 1.400 reuniões em mais de 600 municípios, com a participação de milhares de pessoas.

Os primeiros encontros serviram para fazer um diagnóstico dos territórios a partir de levantamento dos problemas e necessidades apontados pela sociedade civil, prefeitos, vereadores e representantes de órgãos do Governo Federal com atuação regional.

As informações coletadas junto à população serviram para orientar a elaboração de documentos estratégicos do Estado: o Plano Plurianual de Ação Governamental (PPAG), que reúne os projetos e atividades que o executivo pretende implantar em quatro anos; o Plano Mineiro de Desenvolvimento Integrado (PMDI), que detalha o planejamento estadual até 2027; e a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

Fonte: Agência Minas
Fotos: Manoel Marques/Imprensa MG

]]>
Notícias Thu, 29 Jun 2017 13:53:42 -0300
Mais 16 radares entram em operação a partir do dia 04 de julho http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2219-mais-16-radares-entram-em-operacao-a-partir-do-dia-04-de-julho http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2219-mais-16-radares-entram-em-operacao-a-partir-do-dia-04-de-julho

A partir da próxima terça-feira (04/07), outros 16 radares fixos entrarão em operação nas rodovias mineiras sob responsabilidade do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG), totalizando 330 equipamentos em operação. Os novos radares já estão ligados desde o dia 27 de junho, funcionando em modo educativo.

Os dispositivos de controle eletrônico de velocidade estão localizados nos municípios de Moeda (LMG-825, quilômetro 10,5); Sabará (MGC-262, quilômetros 305,0 e 306,0); Congonhas (MG-030, quilômetro 112,7); Gouveia (BR-259, quilômetro 487,6); Curvelo (AMG-0910, quilômetro 9,4); Mirabela (BR-135, quilômetro 295,6); Brasília de Minas (MG-202, quilômetro 160,0); Entre Rios de Minas (MG-270, quilômetro 18,6); Ouro Branco (MG-129, quilômetro 176,8); Viçosa (MG-280, quilômetro 8,9); Santana do Manhuaçu (MG-111, quilômetro 46,1); Ibiaí (LMG-674, quilômetro 38,0); Várzea da Palma (MGC-496, quilômetros 38,5 e 39,0) e Turmalina (MGC-367, quilômetro 464,7)

Todos os trechos foram sinalizados com placas de velocidade máxima permitida, variando entre 40 e 60 km/h. Os veículos que excederem os limites estabelecidos serão autuados.

O DEER/MG ressalta que o respeito à sinalização e aos limites de velocidade é que garantem viagens mais seguras, independentemente da presença de radares.

A relação dos radares em funcionamento, bem como a localização de cada um deles e a velocidade máxima permitida está disponível para consulta no site do DEER/MG: www.der.mg.gov.br/saiba-sobre/radares-do-dermg

]]>
Notícias Wed, 28 Jun 2017 08:33:34 -0300
SETOP analisa sugestões para o edital de concessão do Lote Pouso Alegre http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2218-setop-analisa-sugestoes-para-o-edital-de-concessao-do-lote-pouso-alegre http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2218-setop-analisa-sugestoes-para-o-edital-de-concessao-do-lote-pouso-alegre
A Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (SETOP) encerrou no último dia 23 de junho a série de audiências públicas de esclarecimentos, contribuições e sugestões à minuta do edital de concessão de serviços para a exploração de 379,5 quilômetros de extensão da malha rodoviária mineira, do Lote Pouso Alegre. As audiências foram realizadas nas cidades de Poços de Caldas, Itajubá, Inconfidentes, Pouso Alegre e Belo Horizonte.
 
Trezentos e nove pessoas assinaram as listas de presenças, entre prefeitos, vereadores, deputados estaduais, lideranças políticas e da sociedade civil do Sul de Minas, representantes de empresas, profissionais e estudantes da área de engenharia, e foram apresentados, nas cinco audiências públicas do Lote Pouso Alegre, a detalhes da proposta de concessão dos trechos rodovias BR-459, BR-146, MG-290, MG-295, MG-455 e MG-459.
 

O período de concessão proposto é de 30 anos e o investimento total previsto em obras de ampliação e melhoria da capacidade, recuperação estrutural e ambiental, entre outras intervenções obrigatórias para melhor segurança e trafegabilidade é de R$1,2 bilhões, sendo R$ 561,9 milhões nos primeiros cinco anos.

Entre as intervenções obrigatórias previstas no período total de concessão estão 6,4 quilômetros de duplicações; 111 quilômetros de faixas adicionais, oito quilômetros de contornos e variantes, 6,5 quilômetros de vias laterais, 213,8 quilômetros de acostamentos; 62 melhorias de interseções; 95 melhorias de acessos e seis passarelas.

A minuta do edital prevê sete praças de pedágio, sendo três na BR-459, entre Poços de Caldas e Caldas, Ipuiúna e Congonhal e entre Santa Rita do Sapucaí e Piranguinho; uma na BR-146, entre Poços de Caldas e Andradas; duas na MG-290, entre o entroncamento da BR-459 e Borda da Mata e entre as cidades de Ouro fino e Jacutinga; uma na MG-459 entre Ouro Fino e Monte Sião. A estimativa da tarifa básica do pedágio para automóvel ou por eixo comercial é de R$ 7,44.

Trechos a serem concessionados

Estão previstas a concessão de 156,1 quilômetros na BR-459, entre o trevo do entroncamento com as BRs 267 e 146, em Poços de Caldas, e o trevo do entroncamento com a BR-383 em Itajubá, passando pelas cidades de Caldas, Ipuiuna, Congonhal, Pouso Alegre, Santa Rita do Sapucaí e Piranguinho; 35,6 quilômetros de extensão na BR-146, do trevo do entroncamento da BR-459 com a LMG-877, em Poços de Caldas, até o início do perímetro urbano de Andradas.  

Na MG-290, são 91,3 quilômetros de extensão a ser concedido, entre o trevo de acesso a Pouso Alegre e a divisa com o estado de São Paulo, passando pelas cidades de Borda da Mata, Ouro Fino e Jacutinga. Na MG-295, a concessão abrangerá um trecho de 22,4 quilômetros de extensão, entre o entroncamento com a MG-290, em Inconfidentes, e o município de Bueno Brandão.

Outros trechos da malha rodoviária mineira com concessão prevista são 42,8 quilômetros na MG-455, entre o entroncamento com a BR-459, em Santa Rita de Caldas, passando por Ibitiura de Minas até a divisa com o estado de São Paulo, e na MG-459, do entroncamento com a MG-290, passando por Monte Sião, até a divisa com o estado de São Paulo, numa extensão de 31,3 quilômetros.

01-audiencia-bh

]]>
Notícias Mon, 26 Jun 2017 12:14:30 -0300
DEER/MG assume rodovias que eram mantidas pelo governo federal http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2217-deer-mg-assume-rodovias-que-eram-mantidas-pelo-governo-federal http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2217-deer-mg-assume-rodovias-que-eram-mantidas-pelo-governo-federal

Desde a zero hora desta sexta-feira (23/06), o DEER/MG assumiu as atividades de manutenção, operação, fiscalização e construção em quase três mil quilômetros de rodovias federais. Com isso, a malha rodoviária mineira, entre as vias pavimentadas e de terra, passará para 27,9 mil quilômetros.

A medida se dá por força da Lei Federal 13.298, de 20 de junho de 2016, que trata da responsabilidade sobre os trechos de rodovias federais transferidos aos Estados e o Distrito Federal, de acordo com a Medida Provisória nº 82, de 07 de dezembro de 2002.

O DEER/MG, por meio de suas áreas de manutenção e fiscalização, já adotou as medidas para garantir as condições de trafegabilidade e segurança nos trechos integrados, que são os seguintes:

BR-120 – São João Evangelista - Leopoldina
BR-122 – Divisa BA/MG - Espinosa
BR-135 – Montalvânia - Entroncamento BR-040
BR-146 – Poços de Caldas - Andradas
BR-154 – Ituiutaba - Crucilândia
BR-251 – Pedra Azul - Cangalha
BR-259 – Sabinópolis - Curvelo
BR-267 – Caxambu - Divisa MG/SP
BR-342 – Entroncamento BR-367 - Araçuaí 
BR-356 – Avenida do Contorno (Belo Horizonte) - Entroncamento BR-040 (Anel Rodoviário de Belo Horizonte)
BR-367 – Diamantina - entroncamento BR-259
BR-369 – Oliveira - Alfenas
BR-381 – Entroncamento MG-311- São Vítor
BR-383 – Entroncamento BR-040 – Piranguçu
BR-393 – Pirapetinga - Entroncamento BR-116
BR-418 – Divisa BA/MG - Teófilo Otoni
BR-452 – Tupaciguara - Araxá
BR-458 – Tarumirim - Taruaçu
BR-460 – Entroncamento BR-267 - Entroncamento BR-354 (Pouso Alto)
BR-482 – Divisa ES/MG - Conselheiro Lafaiete 
BR-485 – Divisa RJ/MG - Garganta do Registro
BR-491 – São Sebastião do Paraíso - Entroncamento BR-381/MG-167
BR-496 – Pirapora - BR-135 (Corinto)
BR-497 – Uberlândia - Prata
BR-499 – Santos Dumont - Cabangu

]]>
Notícias Fri, 23 Jun 2017 10:42:14 -0300
População do Sul do Estado debate concessão de rodovias http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2216-populacao-do-sul-do-estado-debate-concessao-de-rodovias http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2216-populacao-do-sul-do-estado-debate-concessao-de-rodovias

A Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) concluiu, quarta-feira, dia 21 de junho, a primeira fase da rodada de audiências públicas referentes à concessão do chamado Lote Pouso Alegre, que abrange as rodovias MG-290, MG-455, MG-459, MG-295, BR-146 e BR-459, num total de 379,5 quilômetros.

Os eventos, que tiveram início terça-feira, dia 20, foram realizados em Poços de Caldas, Itajubá, Inconfidentes e Pouso Alegre. Foram coletadas inúmeras sugestões para incorporar à proposta apresentada, assim como críticas às condições atuais de algumas das estradas objeto da concessão, particularmente a rodovia MG-290.

Além de membros do governo estadual, prefeitos, vereadores e deputados, as audiências tiveram a participação de representantes de movimentos sociais que cobram melhorias nas condições nas estradas estaduais do Sul do Estado, estudantes e empresários.

Nesta sexta-feira, dia 23 de junho, o ciclo será fechado com a realização da audiência de Belo Horizonte, às 9h30 no 7º andar do Prédio Minas, localizado na Cidade Administrativa do Governo de Minas Gerais.

Fotos: Ric Santos - SETOP/MG

]]>
Notícias Thu, 22 Jun 2017 13:19:53 -0300
Pregão presencial para oficina mecânica http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2215-pregao-presencial-para-oficina-mecanica http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2215-pregao-presencial-para-oficina-mecanica

A Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas – SETOP – fará o pregão presencial para prestação de serviços de mão de obra de oficina mecânica em geral, elétrica, alinhamento, balanceamento, borracharia, reboque, pintura, capotaria, vidraçaria e retífica, para veículos leves da marca FIAT, pertencentes à frota da SETOP, com o fornecimento de peças de reposição. O pregão destina-se exclusivamente à participação de microempresa e de empresa de pequeno porte.

A entrega dos envelopes com as propostas será feita em 5 de julho, às 10h, na sala 12 do sétimo andar do prédio Minas, na Cidade Administrativa.

]]>
Notícias Wed, 21 Jun 2017 12:17:15 -0300